Ferramentas de privacidade e segurança nas redes sociais


Olá amigos leitores, estou ausente por um bom tempo do blog, eu sei, mas é por um bom motivo, aliás, vários bons motivos: muitos cursos, pós-graduação, inglês, mais cursos e muito, mas muito trabalho.

Hoje estou de volta para abordar um assunto interessante e útil, penso eu, pois várias pessoas me pedem estas informações e, conforme ‘presencio’ nas redes sociais, especialmente no Facebook, poucas são as pessoas que conhecem e/ou que fazem uso das ferramentas disponibilizadas para nossa segurança e privacidade (privacidade entre aspas, pois quando falamos de redes sociais não existe privacidade, mas este é assunto para outro (longo) post).

O assunto deste post, atendendo a um dos pedidos, é sobre as listas de amigos no Facebook, como usá-las a nosso favor. Este recurso é de suma importância quando o assunto é ‘privacidade’, com ele podemos falar o que queremos, diretamente para as pessoas que queremos sem que as outras pessoas tenham acesso. Fantástico e simples de usar.

Aí você deve se perguntar, mas por que eu faria isso?

Vou dar um exemplo pra você pensar com o ‘seu lado’ profissional: suponhamos que entre os seus mais de 500 amigos uns 20 são colegas de trabalho, daquela empresa conservadora que você trabalha, onde ir pro bar com os amigos, encher a cara e não lembrar de nada no dia seguinte é um absurdo (muitas vezes não precisa ser uma empresa conservadora para avaliar um profissional por este aspecto). Você já deve imaginar onde quero chegar, né?

E, além de ir ao bar e não se lembrar de nada que aconteceu depois das 23h, 99,9% (to chutando, vai) das pessoas que fazem isso também postam o acontecimento no Facebook, e às vezes fazem isso durante o tal lapso de memória. É sério, esta história é verídica!

Você consegue imaginar o que passa na mente de seu gestor quando ele lê suas postagens ‘pós-bar’?

Vou te contar um segredo: você pode criar uma trava de segurança anti ‘pós-bar’ no seu Facebook, e a notícia boa é que, uma vez configurada, ela também funcionará para o aplicativo mobile, assim você já vai poder curtir tranquilamente com seus amigos online sem nem ter saído do bar e sem risco de perder o emprego. Gostou da ideia?

Este exemplo foi meio exagerado (apesar de ser real), mas a finalidade da ferramenta é direcionar os assuntos e atualizações postados para as pessoas envolvidas e realmente interessadas neles.  Eu tenho várias listas: Melhores Amigos, Família, Faculdade, Conhecidos, ‘Trampo’, uma de cada curso que fiz e, o que não pode faltar, Restritos (muito útil).

Uma ou duas destas listas visualizam todas as minhas postagens, as demais… só o que eu quero que visualizem. O que eu divulgo para, ou converso com meus Melhores Amigos não precisa ser de conhecimento do pessoal da Faculdade, por exemplo. E isso não serve só para a minha ‘suposta privacidade’, mas também para não colaborar com a poluição do feed de notícias de meus contatos.

Bom, existem milhares de argumentos favoráveis ao uso deste recurso e é bem provável que também outros tantos desfavoráveis. Mas se você leu até aqui é porque se interessou pelo assunto, então vamos ver como isso funciona?

Veja o tutorial aqui

 

OBS. Não encare o exemplo acima como um incentivo à bebedeira. Só usei este exemplo, pois é o que mais vejo acontecer.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Social Network. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s