Descubra para que servem as teclas que você não usa


Vamos explicar para que servem todas aquelas teclas com nomes estranhos presentes no teclado de seu computador. Algumas já são conhecidas mas outras estão ali, paradas, e poderiam quebrar um galhão.

ESC – É a tecla de escape. Serve para interromper uma ação. Geralmente, se você está executando um programa e abre uma caixa de diálogo, janela dentro do programa a qual permite que você escolha alguma opção, pressionar ESC terá o mesmo efeito que apertar o botão Cancelar, ou seja: a janela será fechada e nada vai acontecer. Em alguns jogos, serve para abrir o menu de opções.

F1 – F12 – São as chamadas teclas de função, que executam uma determinada ação dentro de um programa quando pressionadas. É impossível dizer o que todas elas fazem, pois isso depende do programa em questão mas, geralmente, ao pressionar F1, é acionada a ajuda do programa: um conjunto de textos que explicam como utilizar os recursos daquele software; Ao pressionar F10, é acionada a barra de menus, aquele conjunto de palavras como Arquivo e Editar. Você pode selecionar um menu pressionando o caractere sublinhado após ter apertado F10. Esta função também pode ser feita pela tecla Alt. Em navegadores de internet como Mozilla Firefox e Internet Explorer, a tecla F11 coloca a página em tela cheia.

Print Screen – Literalmente, imprimir tela. A função dessa tecla – e das outras duas que estão ao seu lado – remonta ao “tempo do MS-DOS”. Naquela época, ao apertar Print Screen, o sistema mandava o conteúdo da tela para a impressora. Hoje, a função é muito similar: ela captura todo o conteúdo da tela para uma imagem. No Windows, a imagem é copiada para a área de transferência e você pode colá-la no Paint, no Photoshop, no Word ou em qualquer outro programa. No Linux, é exibida uma caixa de diálogo que permite escolher se você quer copiar a imagem para a área de transferência ou salvá-la em um arquivo.

A utilidade desta tecla é indiscutível: você pode “tirar uma foto” de um erro e mandá-la para o técnico ou inserir a tela de um programa em alguma apostila ou tutorial que esteja escrevendo. O que pouca gente sabe, porém, é que se você pressionar Alt + Print Screen, ao invés de tirar uma foto da tela inteira, ela vai capturar apenas a janela ativa naquele momento. Nos Macs, esta tecla não existe, mas sua função pode ser feita pressionando-se shift + maçã + 4.

Scroll Lock – Essa é outra tecla que se originou no “tempo do MS-DOS”. Naquela época, a resolução dos monitores era de… 80×25! Isso tornava quase impossível usar programas de planilha, como o Lotus 1-2-3, o avô do Excel, principalmente quando havia muitos dados. O que essa tecla fazia era travar a posição do cursor quando se rolava o conteúdo da tela com as setas direcionais. O Excel ainda implementa isso mas, hoje, poucos programas a utilizam e ela não tem utilidade prática.

Pause/Break -Como o próprio nome já diz, essa tecla faz uma pausa no programa atual. Não faz muito sentido falar em “pausar o Word”, por exemplo, então vamos a um exemplo prático: abra o Prompt do MS-DOS, digite CD \ para ir à raiz da unidade C: e digite DIR /S . O sistema vai começar a listar todos os arquivos existentes em seu computador. Pressione PAUSE e você verá que a lista vai parar de correr. Pressione outra tecla e você verá que ela continua.

Em alguns jogos, a tecla Pause é usada para pausar o jogo. Outra utilidade é técnica: se você apertá-la durante a tela de contagem de memória ou naquela em que aparece uma tabela antes de o sistema operacional ser carregado, as telas ficarão “travadas” e você poderá anotar algo importante. É só pressionar outra tecla para continuar.

Insert – Em processadores de texto, quando pressionada, ativa um modo de inserção de caracteres onde os caracteres que estão à direita do cursor são sobrescritos à medida que se digita.

Delete – Em processadores de texto, apaga o caractere que está à direita do cursor. Ela também serve para apagar arquivos ou itens de alguma lista ou banco de dados, dependendo do programa.

Home – Em processadores de texto, vai para o início da linha na qual está o cursor. Ctrl + Home vai para o início do documento. Se você a pressionar junto a Shift, todo o texto, da posição atual do cursor até o início da linha na qual ele se encontra será selecionado. Ctrl + Shift + Home seleciona todo o texto da posição atual até o início do documento,

End – o contrário de Home: vai para o final da linha onde está o cursor. Ctrl + End vai para o final do documento. Se você a pressionar junto a Shift, todo o texto, da posição atual do cursor até o final da linha na qual ele se encontra será selecionado. Ctrl + Shift + End seleciona todo o texto da posição atual até o fim do documento,

Page Up e Page Down – Rola o texto na tela em maior quantidade do que as teclas de seta. A quantidade de linhas roladas dependerão do programa utilizado. Se pressionadas junto a Shift, todo o texto rolável será selecionado.

Tab – Teve origem na tecla de tabulação das máquinas de escrever. Nos processadores de texto, move o cursor para a próxima marca de tabulação configurada ou, se esta não existir, avança geralmente o equivalente a 8 espaços. Nas caixas de diálogo, move o cursor para o próximo campo, botão ou barra de rolagem. Shift + Tab move para o controle anterior.

Caps Lock – ao contrário do que todo mundo diz. essa tecla NÃO SERVE para gerar letras maiúsculas  mas, sim, para travar as letras maiúsculas. Segundo os especialistas em digitação, a maneira mais eficiente de escrever-se letras maiúsculas é pressionar a letra junto à tecla Shift.

Shift – Ativa a segunda função de uma tecla, devendo ser pressionada juntamente a esta. No teclado alfabético, muda o estado de capitulação, isto é, se a letra estiver minúscula, ela se torna maiúscula e vice-versa. Também pode imprimir outro caractere, geralmente impresso na parte superior da tecla.

Ctrl – pronunciada como “Control”, é uma tecla modificadora, ou seja, ao ser pressionada junto a outra tecla, fará uma ação especial. Tal ação depende do programa que estiver sendo utilizado, mas existem alguns atalhos comuns: Ctrl + C copia o conteúdo selecionado para a área de transferência; Ctrl + X recorta o conteúdo, isto é, o exclui de seu local atual (a escolha do X deve-se ao fato de ele ser similar a uma tesoura aberta); Ctrl + V cola, ou seja, insere o conteúdo da área de transferência na posição atual do cursor (V lembra um tubo de cola). Isso sem falar no famoso Ctrl + Alt + Del, usado para reiniciar o Windows ou desligar o Linux em modo texto.

Alt – Tecla modificadora similar à Shift. Nos teclados dos computadores do MIT, era chamada de Meta e nos teclados dos Macs é a tecla Option. No Windows, pode-se pressionar Alt e uma sequência no teclado numérico para se inserir um caractere especial.

Alt Gr – Ativa a terceira função de uma tecla.

Tecla com o logotipo do Windows – Essa tecla foi introduzida em 1995 e ativa o menu Iniciar do Windows. Também pode chamar janelas e programas deste sistema se combinada com outras teclas. No Linux, é chamada de tecla Super e não tem uma função específica, embora possa ser configurada pelo usuário.

Tecla com uma seta e uma listinha – Se pressionada, tem o mesmo efeito de se pressionar o botão direito do mouse.

Num Lock – Ativa ou desativa o teclado numérico.

Tecla Fn – Se seu teclado tiver uma tecla Fn e teclas power, sleep e wake up, você deverá pressionar Fn e uma destas teclas para, respectivamente, desligar, hibernar e acordar seu computador. O motivo disto é evitar que você pressione essas teclas especiais acidentalmente enquanto trabalha. Em notebooks, ela pode ser usada para imprimir caracteres especiais ou para acionar funções, como habilitar a saída VGA para um projetor. Nem todos os teclados possuem esta tecla.

André Machado – Olhar Digtal

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Tips. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s