Cuidados que você deve tomar na Internet na hora de procurar um emprego


Será que o endereço de e-mail colocado no currículo ou as comunidades em que você está no Orkut podem influenciar na sua escolha para ocupar a vaga? É o que vamos descobrir.

Esqueça os modelos prontos de currículo

Em qualquer livraria, existem modelos prontos de currículo à venda que o candidato pode preencher. ESQUEÇA, a menos que você queira ser descartado da seleção. O mesmo vale para modelos de currículos que vêm no Word ou aqueles que podem ser baixados em sites de download: você mesmo deve digitar seu currículo, usando letra Arial ou Times New Roman de tamanho 12 a 14. Evite fazer enfeites muito extravagantes. Utilizar um layout pronto mostra que você não tem criatividade – e as empresas querem profissionais criativos.

O currículo deve ter apenas uma página

O currículo é a sua apresentação, sua propaganda pessoal ante a empresa ou o recrutador. Dependendo da firma ou da vaga, o recrutador pode receber centenas ou até milhares de currículos por dia e, como eles não têm tempo a perder, aqueles que têm dez páginas são automaticamente descartados. Coloque apenas as informações essenciais. Uma – ou no máximo duas – páginas são mais do que suficientes para isso.

Curso e escolaridade: apenas o mais recente

Um dos pontos-chave do currículo é a escolaridade ou cursos do candidato. Novamente, lembre-se de que você deve ser breve e, por isso, vou lhe dizer algo que, talvez, ninguém lhe tenha dito: coloque apenas o mais recente. Explico: se você estiver cursando ou já tiver concluído uma faculdade, fica subentendido que você já completou o Ensino Médio e, portanto, não é necessário repetir essa informação, entende? O mesmo vale para cursos técnicos que, por lei, exigem que o candidato tenha terminado ou esteja cursando o ensino médio.

Foto e números de documentos

Via de regra, você não deve colocar sua foto ou número de RG, CPF e afins no currículo. Claro, pode ser que alguma empresa peça essas informações mas, neste caso, geralmente, estará escrito no anúncio da vaga que a foto ou os documentos são necessários.

Tenha um site profissional

Tenha um site ou blog onde você fala de assuntos relacionados ao campo de atuação da vaga ao qual você se candidata – nada de colocar uma foto do(a) namorado(a) ou poemas românticos. O recomendável é ter um domínio próprio mas, como sabemos que nem todo mundo tem condições de pagar domínio e hospedagem, um blog no WordPress ou Blogger já é o suficiente. Só evite usar redirecionadores de URL como – e principalmente – cjb.net e .tk .

O mais importante 1: NÃO informe e-mail do HOTMAIL – e muito menos e-mails “estranhos”.

É uma grande polêmica mas, via de regra, você NÃO DEVE COLOCAR UM E-MAIL DO HOTMAIL como e-mail de contato. Por que? Muito simples: o Hotmail é simplesmente discriminado no mundo de TI. Isso se deve ao fato de que, durante a década de 90 e início dos anos 2000, quando o serviço foi criado, ele ganhou o estigma de “muito ruim”: Seu filtro anti-spam é uma piada e ele é uma grande fonte de infecção de vírus e outras pragas. Mesmo que a Microsoft esteja melhorando o serviço, o “pessoal de TI” ainda discrimina o Hotmail. Além disso, o Hotmail é o serviço de e-mail padrão do Windows – se você instalar o MSN e não tiver uma conta, embora seja possível criar um MSN com qualquer e-mail de qualquer provedor, o programa vai sugerir que você faça um Hotmail, pois é da empresa. Colocar um e-mail do Hotmail no seu currículo passará a impressão de que você é leigo ou não entende muito de computador, mesmo que você seja um especialista na área.

Por causa disso, muitas das empresas de seleção simplesmente jogam currículos com e-mails do Hotmail no lixo antes mesmo de vê-los. Isso tanto é verdade que um dos comentaristas do artigo citado nesta matéria disse que:

Olha, estou na área que hoje chamam de TI desde 1980. Já passei por empresas públicas, privadas, grandes, pequenas, médias, nacionais e multinacionais. Creio que tenho idade para ser pai de muitos de vocês aqui. Já participei ou acompanhei bem mais de uma centena de processos de admissão / contratação e digo que este tipo de triagem de currículos ocorre sim, e é ainda maior nas empresas grandes, sejam elas nacionais ou estrangeiras.

E o filtro não só por email (tipo os de domínios como hotmail, bol ou com nomes de usuário estilo “gostosinho92 @ qualquercoisa”), mas também por sexo, idade, estado civil, número de filhos, lugar onde mora,etc.

E a principal razão é muito simples: volume.

Embora faltem *bons* profissionais, anualmente milhares de novos “profissionais” (entre aspas mesmo) entram no mercado e as empresas recebem centenas ou milhares de currículos para uma única vaga, por isso a primeira triagem é feita – seja de forma manual ou automatizada – através de critérios que não são padronizados. Se isso é certo ou errado é uma discussão interminável, mas que é verdade é, e posso garantir que quanto maior a empresa mais subjetivos, e as vezes absurdos, são os critérios.

Pelo mesmo motivo citado, evite colocar e-mails com nomes “estranhos”, como por exemplo: gostosa103, tchutchuquina82, ticudo13, matador.zl e similares. Assim, o mais recomendável seja que você tenha o seu próprio site com domínio e um e-mail deste domínio. Evidentemente, isso não é viável para todos. Neste caso, um e-mail do seu provedor de internet deve resolver.

O mais importante 2: Cuidado com suas informações em redes sociais

O mesmo comentarista do BR-Linux diz que “Análise de informações em redes sociais ocorre apenas em uma segunda fase, depois que os currículos já foram peneirados e também são critérios decisivos para ser chamado ou não para uma primeira entrevista” e isso é o que muita gente esquece ou não se dá conta. Empresas americanas vasculham a vida online de seus candidatos a emprego – e as brasileiras estão começando a seguir o exemplo.

De nada adianta você ter um currículo impecável, com um endereço de e-mail profissional e as melhores qualificações se você participa do Orkut e está em comunidades como “Eu odeio acordar cedo”, “Eu odeio Segunda-Feira”, “Eu adoro finais de semana”, “Eu odeio trabalhar” e afins. O recrutador entenderá que você não quer nada com nada e vai descartá-lo. Igualmente, colocar aquelas fotos ou vídeos daquela festa em que você encheu a cara e fez um striptease em cima da mesa não ajuda muito.

Você deve entrar em comunidades relacionadas ao seu campo de interesse. Por exemplo: se você estiver se candidatando a uma vaga de webdesigner, entre em comunidades relacionadas a HTML, CSS, Javascript, PHP, AJAX. Isso mostrará ao recrutador que você tem interesse no campo da atividade.

Na hora da entrevista

Todos ficam nervosos antes, durante e depois da entrevista, mas você deve se considerar com sorte, afinal, entre centenas ou milhares de candidatos, você foi escolhido! Como roupa, use sempre roupas sociais – independente do tamanho ou área da empresa -, pois isso vai aumentar enormemente suas chances de ser contratado. NÃO vá à entrevista usando chinelo, tênis, bermuda, camiseta, física, regata ou com aquelas correntes que dão a impressão de que a pessoa vai ser eletrocutada se passar próximo a uma tomada. Se você for mulher, evite roupas muito decotadas ou minissaias. Assim como no caso do e-mail, há preconceito contra homens de cabelos compridos e/ou que usem brincos. Apenas entre na sala e sente-se quando e se o entrevistador permitir e seja sincero e objetivo. Não minta, pois, se o fizer, você acabará mostrando quem é mais cedo ou mais tarde.

Essas dicas não lhe garantirão a certeza de conquistar a vaga, mas aumentarão suas chances consideravelmente. Boa sorte!

André Machado – Olhar Digital

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Career. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s