Hospital nos EUA perde dados de 130 mil pacientes


As informações de aproximadamente 130 mil pacientes do hospital Lincoln Medical and Mental Health Center, de Nova York (Estados Unidos), foram extraviadas. Isso porque, sete CDs com dados sem criptografia dessas pessoas, que tinham sido enviados por um serviço de entregas postais, da FedEx, desapareceram.

Os CDs foram enviados pela empresa responsável pelo processamento das contas do hospital, a Siemens Medical Solutions, em 16 de março, mas nunca chegaram ao destino. Dentro dos discos havia informações pessoais e médicas, como números de seguridade social, endereços, datas de nascimento, números de planos de saúde, licenças de motorista e até descrições de procedimentos médicos, afirmou o hospital em uma nota publicada em seu site.

“A FedEx disse que os CDs provavelmente se separaram de seus envelopes em um de seus centros e foram destruídos”, afirmou o hospital em uma carta enviada às vítimas, com data de 4 de junho.

O CD tinha proteção por senha, mas não era encriptado, revela a carta.

Nos últimos anos, as empresas tem começado a tomar mais cuidado com os dados de seus clientes. De acordo com o Ponemon Institute, uma empresa de pesquisas em segurança, em média uma quebra de segurança custa às empresas mais de 200 dólares por registro.

Por IDG News Service/San Francisco

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Several. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s