Brasil com emprego, mas sem mão-de-obra qualificada


Não falta emprego, falta qualificação. É o que afirmou pesquisa da consultoria internacional de recursos humanos Manpower. Segundo o estudo, cerca de dois terços dos empregadores brasileiros não encontram mão-de-obra qualificada para preencher vagas existentes.

No ranking de déficit de mão-de-obra, o Brasil perde apenas para o Japão. Foram ouvidos 35 mil empregadores de 36 países. Dos brasileiros participantes, 64% apontaram ter dificuldade em preencher as vagas, enquanto no Japão a queixa foi de 76% do total.

Em média 31% dos empregadores reclamaram da dificuldade em encontrar a mão-de-obra desejada.

Efeito da crise financeira

Enquanto nos países mais afetados pela crise o déficit de profissionais qualificados caiu, nos menos afetados ocorreu o efeito inverso. É o caso da Argentina, cuja pesquisa deste ano mostrou que 53% dos empregadores indicaram dificuldade em preencher as vagas e, em 2007, o percentual era de 41%.

O Chile foi outro que teve aumento no índice: de 15%, registrado em 2008, passou para 48%. Nos EUA, por sua vez, houve queda: de 44% de queixas do empregadores para 14%,n este ano.

Opinião e Notícia

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Several. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s