SaaS: SAP inicia testes de novo ERP no Brasil ainda em 2010


A SAP começará os testes no Brasil, no segundo semestre deste ano, do seu novo sistema de gestão empresarial (ERP), o Business ByDesing. Este último se destaca pelo fato de ser ofertado no modelo de software como serviço (SaaS).

Voltado para o segmento de pequenas e médias empresas (PMEs), o novo ERP já está disponível nos Estados Unidos e na Europa e tem lançamento comercial previsto para a América Latina até o final de 2011.

O vice-presidente para o segmento de PMEs da SAP na América Latina e Caribe, Marcelo Giampietro, informou durante SAPPhire Now 2010 – evento global para clientes e parceiros, que acontece nesta semana em Orlando (Estados Unidos) – que a companhia decidiu testar o produto no Brasil e no México antes do lançamento no mercado latino-americano.

O ERP Business ByDesign é uma nova oferta da SAP para tentar atrair as PMEs, com custos agressivos. Para tanto, a plataforma, que começou a ser testada nos EUA e na Europa no ano passado, se baseia no conceito de cloud computing (computação em nuvem). E, segundo a fornecedora, cerca de 100 clientes já aderiram à solução.

A nova linha de ERP vem se juntar a dois outros produtos que a SAP já oferta às PMEs que, segundo o critério da companhia, são empresas que faturam por ano até 500 mil dólares: o Business One e Business All-in-One. Giampietro informa que o objetivo da oferta por SaaS não é substituir esses dois pacotes, oferecidos pelo modelo tradicional de venda de licenças.

Segundo o executivo, a opção por um ou outro ERP dependerá do nível de complexidade do negócio. ““Se a empresa tem uma enorme quantidade de fornecedores, ela não será atendida pelo Business By Design””, afirma.

Dificuldade para localização

A fornecedora justifica a demora para a liberação da versão comercial do Business ByDesign na América Latina ao trabalho de localização do produto. Giampietro informa que a maior dificuldade é ajustar o ERP para atender às exigências fiscais, principalmente do Brasil, que é um dos países nos quais há uma complexa legislação do setor.

“O Brasil tem 32 tipos de impostos estaduais e municipais e a tropilicalização é um grande desafio””, diz o executivo, que espera concluir esse trabalho até o segundo semestre, para iniciar os testes com um grupo de empresas. Participarão do piloto usuários e futuros clientes do Brasil e México.

A SAP ainda não sabe quanto será a mensalidade do ERP sob demanda no Brasil. Nos EUA, o custo mensal por usuário é de 150 dólares, mas Giampietro informa que esse valor não deve servir de base para o mercado local, em que a solução será ofertada por meio de canais da fornecedora.

Por Edileuza Soares, da Computerworld

Anúncios
Esta entrada foi publicada em SaaS com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s