Jobs diz que Flash é desnecessário


Steve Jobs, CEO da Apple, crê que a era do Flash já passou: aplicação da Adobe é fechada e ineficaz, de acordo com seu ponto de vista

Em longa carta publicada hoje no site da Apple, o CEO Steve Jobs comunicou abertamente todas as razões para a empresa ter desistido de usar o Flash em iPhones, iPods e iPads.

Segundo as palavras de Jobs, a Apple não acredita mais no potencial da aplicação da Adobe por crer que ela não se adapta bem às operações multitoque – agora presentes no iPhone OS4 – e não possui desempenhos satisfatórios nos quesitos confiabilidade e segurança.

Outro fator, já bastante exposto pelo próprio Jobs, é que o uso do Flash acarreta um gasto excessivo de bateria, o que seria determinante para desqualificar um bom produto móvel.

Na carta, Jobs também voltou a defender que a Apple não é uma corporação fechada em seus próprios formatos, como o porta-voz da empresa já havia declarado semana passada, depois que a Adobe a acusou de “manter um ambiente de desenvolvimento fechado”, impedindo o crescimento de outras empresas no setor.

De acordo com o co-fundador da Apple, o que acontece é o inverso, já que, no seu ponto de vista, o Flash que é um sistema 100% proprietário e fechado, com preços estipulados pela própria Adobe e indisponível de outra forma no mercado.

Isso, para Jobs, seria um atraso para o desenvolvimento de tecnologias, pois acredita que o tratamento com os padrões na web deveriam receber um tratamento diferencial, mais aberto.

“Embora o sistema operacional para iPhone, iPod e iPad seja proprietário, nós acreditamos fortemente que todos os padrões pertencentes a web deveriam ser abertos”, escreveu. “Em vez de usar o Flash, a Apple adotou o HTML5, CSS e JavaScript – todos padrões abertos”.

No fim do comunicado, o chefe da Apple ainda provocou sutilmente a Adobe, dizendo que o Flash é algo anacrônico para o setor de plataformas móveis.

“Flash foi criado durante a era PC e para PCs, mas a era móvel é sobre dispositivos que gastam pouca energia, com interfaces sensíveis ao toque e padrões abertos da web – todas áreas em que Flash é inferior”, disse.

Semana passada, a Adobe declarou que desistiu de vez de adaptar o Flash para os produtos da Apple e que focará a aplicação apenas para os dispositivos que tiverem o sistema operacional Android.

Guilherme Pavarin, de INFO Online

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Several com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s